Bem vindos ao seu melhor e maior fã site sobre o the weeknd no brasil.

O cantor, compositor e produtor canadense The Weeknd, comemora no dia (10/09), o 8°ano do seu álbum debut Kiss Land, através da XO e Republic Records.
Por um lado, recebendo inúmeras avaliações positivas, após o lançamento do álbum com suas referências temáticas, seus visuais e suas progressões; por outro, trazendo também consequências, como as enormes críticas por ter o mesmo formato da sua compilação e sua mixtape Trilogy, seu álbum de estúdio lançado anteriormente.

Kiss Land , é retrato definitivo da influência imediata de The Weeknd, com canções que transitam por uma nova textura do R&B no século XXI, impulsionado pelo sucesso dos singles Belong to the World, Love In The Sky e da faixa-título, que foi sua canção de trabalho.
A junção da sonoridade, do mix de referências, das composições mais finas e de seus ritmos mais lento, proporcionou que o álbum atingisse o segundo lugar da Billboard 200 na época do seu lançamento em 2013.

Mas, como nem tudo são flores, essa junção fez o álbum não ser recebido de forma tão calorosa na sua estreia, fazendo com que, nosso querido compositor Abel Tesfaye, ficasse decepcionado inicialmente com as muitas reprovações do seu lançamento. Entretanto, com o passar do tempo, essa consequência permitiu que ele encontrasse beleza nessa obra e nessa loucura, se refletindo assim na reação de seus fãs, que nos quais passaram a admirar e aclamar esta obra de arte, reconhecendo assim seu devido valor.

Este universo triunfal, com referências eróticas, singles fortes, cultura nipônica, letras melancólicas e abuso de drogas da era Kiss Land, traz um álbum e nosso cantor The Weeknd triste e bem solitário, guiado pelas menções de sexo e amor, juntamente com sua voz e acordes curtos sempre de qualidade, como começa seu álbum com a faixa Professional.
Ao decorrer do álbum, é apresentado um Abel mais apaixonado, mostrando seu estilo de vida, sua levidão e seu ritmo bem construído, mas, nunca deixando de citar suas referências, unindo sua leveza como mostra suas faixas The Town e Love in the Sky.

Com o mesmo cenário anterior, suas faixas, Belong to the Word, Live for e Wanderlust mostra uma afeição e um estilo de vida bem contundente, chamando a atenção do ouvinte junto com seu ritmo mais acelerado e sua correnteza de sentimentos perdidamente particulares.

O restante do álbum, caminha para algo mais leve, com aspectos e vozes mais profundas, junto com uma batida suave. Logo depois, iniciasse algo mais dançante e um mix de emoções, com refrões, versos mais cinematográficos e presentes. Terminando seu álbum com as faixas, Kiss land, Pretty, Tears In the Rain e Odd Look, Abel concilia instrumentais que casam muito bem com sua voz suave e embargada.

The Weeknd, com o passar do tempo, mostrou se importar, valorizar e reconhecer seu álbum como um verdadeiro sucesso. Comemorando assim no dia (14/09/2020), o 9° episódio da sua rádio Memento Mori, produzindo um especial, com músicas e demos inéditas, com idéias que lhe inspiraram neste álbum tão bem aclamado pelo seu fandom e muita interação por tags com seus fãs na plataforma Twitter.

Em entrevista recente ao GQ, The Weeknd conta as dificuldades que foram escrever e lançar este álbum, e desabafa:
“Kiss Land não é o tipo de musica de uma gravadora”, explica ele. “Como um álbum de estreia, havia uma expectativa por isso. Acho que, para mim, foi o quarto álbum. Sinto que disse tudo o que precisava dizer na Trilogy, e aquele som e tudo o que eu queria colocar no universo. Eu criei um gênero e fiz 30 músicas. Acho que quando cheguei em Kiss Land, estava definitivamente esgotado emocionalmente. Fiz três álbuns em um ano, além de estar trabalhando em Take Care também”, continua o artista “E eu ainda não tinha totalmente me transformado em uma estrela pop por completo, eu estava num meio-termo”, ele prossegue. “E eu sinto que Kiss Land era isso. Foi um álbum muito honesto. Foi muito sobre eu ser teimoso. Eu tinha atingido o bloqueio na escrita, e meu amigo Belly me ajudou a sair disso (…) Foi muita compensação excessiva para realmente dizer: ‘Não sei. É isso que eu tenho, mas não sei o que é’. E se tornou Kiss Land. ” “Se não fosse Kiss Land, eu não teria sido capaz de fazer esse novo álbum”, explica The Weeknd. “Aquela música que você acabou de ouvir? Essa é Kiss Land, cara. É apenas eu entendendo como usar Kiss Land agora, em meu trabalho. Mas é definitivamente meu álbum mais honesto. Eu era o mais nu. Mais vulnerável. E é o que isto é”, pontuo sua reflexão sobre o disco.

Mostrando a todos, um Tesfaye num universo paradisíaco, verdadeiro e emocional, Kiss Land conecta seu amor pela arte. Sendo portanto, um álbum bem avaliado e amado pelos seus fãs, que a cada dia mais estão aplaudindo e ouvindo essa obra de arte.

Tracklist:

1: Professional
2: The Town
3: Adaptation
4: Love in the Sky
5: Belong To The World
6: Live For
7: Wanderlust
8: Kiss Land
9: Pretty
10: Tears In The Rain
11: Wanderlust (remix)
12: Odd Look

Escrito e publicado por : Helena Fernandes

XO, TWBR

10 de setembro